Colangiopancreatografia c/ anestesia
A CPRE é um exame de parte do sistema digestivo que inclui a vesícula, o pâncreas, o fígado e os canais que drenam estes órgãos. Os pequenos canais da vesícula e pâncreas confluem num ducto maior (o colédoco), o qual drena para o intestino delgado /duodeno através de um orifício, a papila de Vater. Todos estes ductos são observados, radiologicamente, após introdução de um produto de contraste, através da papila de Vater, canulada com o endoscópio (chamado duodenoscópio). É um exame demorado, de duração muito variável e realizado sempre sob sedação. Envolve equipamento de RX e uso de contraste. O duodenoscópio é um tubo flexível com uma lente e uma fonte de luz permitindo ao Endoscopista olhar através do endoscópio ou de um monitor de TV. O endoscópio contém canais os quais permitem a lavagem, a insuflação de ar (para melhor visualização) e a realização de biópsias (ou fios guias, introdução do contraste). É introduzido ar através do endoscópio para abrir o esôfago, estômago e duodeno. Quando o endoscópio atinge o duodeno o endoscopista localiza a papila, e um pequeno cateter e o contraste são introduzidos na papila (permitindo a visualização dos tecidos através do RX). Nem sempre irá haver a necessidade de internação. Caso haja a necessidade, o médico solicitará uma internação por 24h ou mais se for necessário.